Justiça fecha hotéis e dá 72 horas para turistas deixarem Búzios (RJ)


A Justiça do Rio de Janeiro determinou que hotéis, pousadas e outros meios de hospedagem em Búzios sejam fechados a partir de hoje (17), devido ao aumento de número de casos de covid-19 e da ocupação de leitos hospitalares no município. Os hotéis terão 72 horas para desocupar seus quartos e novas reservas estão proibidas.


A decisão judicial também atinge as praias do município, que devem ser fechadas. Apenas moradores e pessoas que trabalhem em Búzios poderão entrar na cidade.


Além disso, restaurantes só poderão funcionar com entregas e apenas o comércio essencial (como mercados, farmácias, lojas de animais etc) poderá seguir funcionando, ainda assim limitando o acesso de consumidores a 30% da capacidade da loja.


A informação foi divulgada pela prefeitura de Búzios, que informou que seguirá a determinação judicial enquanto analisa um eventual recurso.


O novo ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, citou o case de Búzios em seu discurso de posse, dizendo que a Justiça fechou o Turismo da cidade sem aviso. E defendeu mais uma vez que os Estados não decretem um segundo lockdown. Segundo ele, o Turismo não aguentaria. O ministro afirmou ainda que o Turismo no Brasil foi o que mais manteve empregos (com 25% de demissões) durante a pandemia.


Atualizada 11h04.

9 visualizações0 comentário
Screenshot_1.png

Conheça o Brasil

 

Viu ? São muitas as opções para você e sua família viajarem fugindo das praias do nordeste, nós separamos somente seis, mas o Brasil é enorme, tem 5 570 municípios e o distrito federal, e com certeza, todos tem uma experiência diferente e única que você só vive por aqui. Gostou das opções? Não? Impossível! Mas caso não tenha gostado, entre em contato conosco que podemos sugerir outros destinos tão incríveis como esses.

 

 

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS PROMOÇÕES PARA CONHECER O BRASIL!

Rua São Tomé, 262

Campinas, SP 13068-405

© 2021 por Novo Turismo.

Orgulhosamente criado com Super 8 - MD

Assine a nossa newsletter